22/11/2014

DICIONÁRIO GLOBAL DA LÍNGUA PORTUGUESA



«Continuando na vanguarda da publicação de materiais para o ensino de PLE/PL2/PLNM, a LIDEL, Edições Técnicas tem o prazer de anunciar o lançamento de uma obra ímpar, há muito esperada por todos aqueles que ensinam e estudam a Língua Portuguesa, o

Dicionário Global da Língua Portuguesa

Autoexplicativo com exemplos contextualizados

Este dicionário foi elaborado para facilitar a aprendizagem desta riquíssima língua a todos os que a estudam como língua estrangeira, língua segunda ou língua não materna, mas também a todos os naturais dos países de língua oficial portuguesa (CPLP).

Uma das suas caraterísticas fundamentais e inovadora é o facto de todas as palavras usadas ao longo do dicionário aparecerem também como entradas, possibilitando ao utilizador agilizar a sua pesquisa e evoluir na aprendizagem, não sendo necessário recorrer a outra fonte de informação.»



Dicionário Global da Língua Portuguesa
por Jaime Coelho

ISBN: 978-989-752-092-1; 1460  págs.
Formato: 21,5 x 29,5 cm; €69,99.

Inclui:
  • Etimologia de todos os vocábulos
  • Explicação dos prefixos e sufixos – elementos de formação das palavras
  • Inclusão dos nomes dos países como entradas
  • Cerca de 55 000 entradas
  • Exemplos simples e concretos
  • Muitas locuções, expressões e combinatórias

Este dicionário é prefaciado pela Professora Doutora Ana Paula Laborinho, Presidente do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I. P.

08/10/2014

Ensino de PLNM – manual em 2 volumes sobre CULTURA E HISTÓRIA DE PORTUGAL


De acordo com a informação disponível no sítio da Porto Ed. (portanto, não tenho nem consultei o livro impresso), funcional mas não descritiva – seria bom que a Editora publicasse online as notas introdutórias ou excertos das introduções ou prefácios dos manuais que expliquem ou descrevam perspetivas autorais, metodologias adotadas, etc. – o manual encontra-se organizado em áreas temáticas : sociedade, lusofonia, música, dança, desporto, cinema, teatro, literatura, artes plásticas, moda e design, arquitetura, património natural, turismo, gastronomia (no 1.º Volume).

Reprodução do ÍNDICE do 1.º volume.

As unidades apresentam textos informativos, devidamente ilustrados e acompanhados de glossários. As atividades (nas mostras de págs. online) parecem insuficientes, residindo portanto a mais-valia do manual no compendiar de textos de tipologia e temática diversificadas para seleção e uso em aula por parte do professor ou do aluno, conforme os objetivos ou grau de autonomia deste.

Foi com agrado que, ao pesquisar no catálogo da Editora um outro manual de PLNM, encontrei estes dois volumes, mais o "Livro do Professor", consagrados ao ensino-aprendizagem da Cultura e História de Portugal. Elaborados essencialmente para um público-alvo que estuda no estrangeiro e com um nível de proficiência razoável da língua portuguesa (vol. 1) ou mesmo avançado (vol. 2), estes materiais permitem ao seu utilizador (professor e aluno) encontrar, rápida e sistematicamente, temas de interesse geral e da cultura portuguesa. Ao estudante, proporciona-lhe o alargamento do seu vocabulário e o aprofundar do seu conhecimento sobre a cultura e a história de Portugal; ao professor, permite-lhe escolher os temas a lecionar durante o curso e assim planear o ensino de um modo mais fácil, mais documentado, mais adequado ao perfil do aprendente e com mais tempo para selecionar material complementar.

Lembro o excelente manual de Fernando José Rodrigues e Peter Humphreys, Falar é Aprender. Português para Estrangeiros (Porto, Porto Ed., 2000) – que estranhamente não encontro na minha pesquisa online no catálogo da Editora – que permanece como um bom livro de ensino do Português – língua e cultura – a estrangeiros, investindo «em outro tipo de textos, mais elaborados, mais consistentes, mais apelativos ao intelecto do que o simples “Quanto custa?” ou “Que horas são?”» (da Introd., p. 6). Neste manual, o professor tem «a possibilidade de escolher textos, dos mais simples aos mais avançados, e de os preparar, em devido tempo, com material de apoio, fichas de exploração, definir vocabulário prioritário e, finalmente, tornar o texto ponto de partida para novos temas de reflexão e debate.» (idem).

Quer o manual apresentado em dois volumes quer este Falar é aprender são instrumentos de apoio ao ensino-aprendizagem da língua e da cultura portuguesa, mas obviamente mais focalizados na componente histórico-cultural que na componente linguística (onde atualmente existe mais oferta de materiais) embora esta última esteja compreendida na primeira como objeto de estudo e seja, obviamente, veículo de todas as aprendizagens.

Não será de estranhar, portanto, que as unidades estejam centradas nos textos e não no treino de estruturas gramaticais, que se privilegie o estudo de vocabulário específico (a cada tema da unidade) do que outros aspetos gramaticais e que, assim, o Falar é aprender apresente um banco de “EXERCÍCIOS” gramaticais no final do livro. Mas a questão Cultura / Língua merece aprofundamento cuidado, em função de público-alvo, níveis de proficiência dos aprendentes, e objetivos a atingir. Que a questão é mais complexa demonstra-o, por exemplo, a inclusão de “APONTAMENTOS GRAMATICAIS” (que são de facto uma verdadeira gramática para estrangeiros, pp. 121-167) no manual de Fernando José Rodrigues e Peter Humphreys.

Para um equilíbrio entre as aulas centradas no texto e o treino de competências linguísticas veja-se  A Actualidade em Português (nível avançado), de Ana Tavares & Hermínia Malcata, dir. Renato Borges de Sousa (Lisboa: Lidel, 2004 -rev.) constituído por textos da imprensa lusófona sobre temas da atualidade. Cada unidade está estruturada com texto, «glossário, vocabulário, gramática, compreensão e uma última parte em que o aluno é motivado para a oralidade, escrita ou simulação.» (da introd.). Embora mais modesto graficamente, apresenta uma proposta de atividades didáticas muito interessante.

Muito útil para Leitorados do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua,  e outros contextos de ensino de aprendizagem além-fronteiras.


Cultura e História de Portugal - Volume 1 - Níveis A2/B1

Ensino Português no Estrangeiro

Porto: Porto Ed., 2014?.
Revisão: Susete Albino
96 págs., ISBN: 978-972-0-30004-1


 Cultura e História de Portugal - Volume 2 - Níveis B2/C1

Ensino Português no Estrangeiro

Porto: Porto Ed., 2013?.
Revisão: Susete Albino
80 págs., ISBN: 978-972-0-17038-5


Fonte: Sítio da Porto Editora, na secção sobre os manuais, ver aqui volume 1 e volume 2.

Um manual de PLNM para crianças, nível A1 de aprendizagem





ABC... em Português 1

Ensino Português no Estrangeiro

Nível A1.1 – Infantil

Porto: Porto Ed., 2011.

Revisão científica: Rui Vaz.
64 págs., ISBN: 978-972-0-17033-0.

Embora raros, já existem manuais escolares elaborados especificamente para um público-alvo que são as crianças que, em Portugal ou no estrangeiro, se iniciam na aprendizagem do português como língua não materna.

O ABC... em Português 1 «proporciona uma atmosfera de aprendizagem motivadora e lúdica na sala de aula, através de uma grande variedade de tipologias de exercícios, como canções, jogos, associações e muitas outras atividades lúdicas», como é referido na sinopse presente no sítio da editora. Por outro lado, “as personagens e as suas aventuras» permitem captar a atenção dos aprendentes e motivá-las para a aprendizagem da língua.

O manual é composto do seguinte modo:
  • contém 6 unidades, organizadas sob diferentes temas;
  • as unidades apresentam histórias e múltiplos exercícios;
  • há páginas relativas a festividades, autocolantes e cartolinas.
Bom uso, boas aprendizagens.
JCC

Fonte: Sítio da Porto Editora, secção sobre este manual.



P.S. - Existe também já disponível o ABC... em Português 2, Nível A1.2 – Infantil, bem como o Guia do Professor.

17/09/2014

Curso de formação a distância - Aprendizagem e Ensino de PLNM, na plataforma da Universidade de Coimbra - out. 2014




Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna2014-2015 | 1.º Semestre

Na plataforma de formação a distância da Univ. de Coimbra

De 28.10.2014 a 16.12.2014

Prazo de candidatura: 5 de outubro de 2014

Ensino a distância, 40 horas, 1,5 ECTS

O regime não presencial permite que a formação seja acessível a um vasto leque de interessados, independentemente da sua atual localização geográfica e também do horário laboral.

Objetivos:
1. Desenvolver uma visão adequada dos diversificados perfis sociolinguísticos, psicolinguísticos e linguísticos dos aprendentes do PLN);
2. Compreender (i) os processos de aquisição e aprendizagem de línguas não maternas e (ii) os princípios fundamentais de ensino de línguas não maternas;
3. Caracterizar áreas linguísticas críticas dos aprendentes de PLNM.

Saiba mais clicando na imagem inicial ou aqui:



JCCanoa

16/09/2014

Curso de formação de professores de PLNM, na plataforma NetForma - set 2014



No próximo dia 22 de Setembro de 2014 
terá início mais um

Curso de Português Língua Não Materna

Módulo 1 – 35 horas

Módulo 2 – 15 horas

Inscrições até ao dia 27.09.2014

pode obter todos os esclarecimentos sobre os cursos,
porém, desde já respondemos aos mais evidentes:


Os Cursos são Certificados pelo Ministério da Educação:

Curso Acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua - Registo de Acreditação: CCPFC/ACC-71791/12 - Duração 35 horas (1,4 Créditos)
e
Curso Acreditado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua - Registo de Acreditação: CCPFC/ACC-71792/12 - Duração 15 horas (0,6 Créditos);


Preço -  50,00 euros por curso.

Contatar o Dr. João Leal: joaoleal@dlc.pt Tel. 218 533 658.




Fonte: 
E-mails recebidos de  António Augusto Fernandes, PH. D, Coordenador Pedagógico do Curso, nos dias 16 e 17.09.2014.

13/09/2014

Sites e blogues de PLNM, PL2, PLE

Envie o seu endereço ou outros que considere úteis e interessantes. Agradecemos.


Passaporte para Português - novo manual de PLE, de José Pascoal e Robert Kuzka


José Lino PASCOAL & Robert KUZKA

Passaporte para português 1

nível A1/A2.
Lisboa; LIDEL, Edições Técnicas, 2014.

Método composto por : Livro do aluno; Caderno de exercícios; Livro do professor.




«PASSAPORTE PARA PORTUGUÊS é um método de ensino de PLE destinado a principiantes adolescentes e adultos cujo nível de proficiência linguística corresponde aos níveis A1/A2 do QECR.

Concebido para 180 horas de aprendizagem, o método permite chegar ao nível B1 sem recorrer a outros materiais, oferecendo cerca de 1500 atividades comunicativas e estruturais que visam permitir ao aluno começar a comunicar em português rapidamente, com eficácia, confiança e competência.

Destacam-se o rigor conceptual bem como os temas e textos que o método oferece – originais, diversificados e de interesse para um vasto espectro de alunos com origens e perfis variados.»

Ilustrações de Tiago Veras, com perfil no Facebook.


LIVRO DO ALUNO, com CD Áudio


Descrição:

  • 40 Unidades que podem ser usadas pelo professor como aulas pronto-a-ensinar;
  • Tarefas comunicativas e estruturais para uma aprendizagem progressiva e abrangente;
  • Temas e textos motivadores, estimulantes, diversificados, divertidos e práticos;
  • Progressão gramatical e lexical adequada às necessidades de comunicação;
  • Vocabulário selecionado e coerente com descrições do QECR para os níveis A1 e A2;
  • Cerca de 140 exercícios de gramática e 180 exercícios de pronúncia;
  • 10 Unidades para a compreensão e interação orais e 10 unidade de revisão;

[reprodução do "Livro do Aluno"]

CADERNO DE EXERCÍCIOS

Destina-se a consolidar o material do “Livro do Aluno”.
  • Para ser utilizado pelo aluno, de preferência, fora da sala de aula e sem a ajuda do professor;
  • Com as listas de vocabulário que o aluno deve adquirir em cada unidade;
  • Inclui soluções para todos os exercícios;
  • Contém um glossário em inglês, espanhol, russo e mandarim;
[reprodução do "Livro do Aluno"]

LIVRO DO PROFESSOR

«Além de sugerir os procedimentos para a execução de cada unidade, apresenta soluções para os problemas que os falantes nativos de várias línguas poder ter durante a aprendizagem».


[reprodução do "Livro do Aluno"]

Fontes:


Ilustrações de Tiago Veras, com perfil no Facebook.


28/06/2014

Catálogo 2014 de Português Língua Estrangeira da Lidel



O grupo Lidel, com forte investimento no ensino-aprendizagem da língua portuguesa como língua estrangeira [PLE] e língua segunda [L2], ou seja: portugês como língua não materna [PLNM], disponibilizou online o seu Catálogo 2014.


Pode folhear o catálogo como um livro; este tem um aspeto gráfico muito agradável e colorido.

Os conteúdos estão organizados pelas categorias: Métodos, Gramática, Fonética, Exercícios, Avaliação e certificação, Leituras, Leituras para crianças, Didática, Educação, Materiais complemetares, Dicionários, Português para fins específicos, Lidel no mundo.

A classificação dos materiais por públicos alvo (crianças, adolescentes, adultos), níveis de proficiência segundo o QECR (A1, A2, B1...), suportes (CD audio, DVD), entre outros aspectos (novo acordo ortográfico, português do Brasil, Novidade...) torna-se muito prática e útil. Experimente.

JC

12/05/2014

Lançamento do Livro - Ensino do Português como Língua Não Materna: estratégias, materiais e formação





Ensino do Português como Língua Não Materna

Lançamento do Livro

Segunda, 12 mai 2014 | 18:00
Sala 1 da Fundação calouste Gulbenkian

Coordenação de Maria Helena Mira Mateus e Luísa Solla

«Esta obra é resultado do trabalho de formação e de experimentação de estratégias e materiais desenvolvidos no âmbito do Projeto «Criação e aplicação de estratégias e materiais conducentes ao sucesso educativo dos alunos de Português Língua Não Materna», realizado pelo ILTEC (Instituto de Linguística Teórica e Computacional) com o apoio e o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian.»


ILTEC (2014); Ensino do Português como Língua Não Materna: estratégias, materiais e formação. Coord. Maria Helena Mira Mateus e Luísa Solla, Lisboa: ILTEC - FCG.

17/03/2014

CAPLE


Centro de Avaliação de Português Língua Estrangeira (CAPLE)


"Os exames de PLE podem ser realizados por
todos os maiores de 14 anos
que queiram comprovar, para fins educativos, profissionais ou outros,
a sua competência em português
nos termos reconhecidos por cada certificado ou diploma."


Certificação do Português como Língua Estrangeira




A Universidade de Lisboa(Departamento de Língua e Cultura Portuguesa da Faculdade de Letras), através do CAPLE, é o membro português da ALTE, desde 1990. Fazem parte da ALTE 31 instituições europeias, representando 26 línguas europeias.


Os principais objectivos da ALTE são:
  • criar um quadro de níveis de proficiência de modo a promover o reconhecimento transnacional da certificação, em especial na Europa;
  • criar padrões comuns para todos os estádios do processo de avaliação das línguas – produção, aplicação, correcção, classificação e análise de exames;
  • colaborar em projectos conjuntos, na troca de ideias e conhecimentos.





Em 1998, é criada o Centro de Avaliação de Português Língua Estrangeira (CAPLE), cujo trabalho abrange as seguintes áreas: produção dos exames; aplicação dos exames, classificação e interpretação dos resultados dos exames, serviço de apoio aos candidatos e aos examinadores envolvidos nas diversas fases do ciclo de produção de exames; investigação teórica e aplicada em avaliação; formação de meios humanos em avaliação.

Finalmente, por Protocolo assinado em 2 de Março de 1999, os Ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Educação, representados respectivamente pelo Instituto Camões e pelo Departamento da Educação Básica e a Universidade de Lisboa acordaram na criação de um Sistema de Avaliação e Certificação de Português Língua Estrangeira. Este Sistema de Avaliação e Certificação assegura o processo de exames e o reconhecimento de vários níveis de competência comunicativa de PLE


Certificados e Diplomas de PLE

Os níveis de PLE são cinco, correspondendo a cada nível um certificado ou diploma:
  • CIPLE. Nível 1 – Certificado Inicial de PLE
  • DEPLE. Nível 2 – Diploma Elementar de PLE
  • DIPLE. Nível 3 – Diploma Intermédio de PLE
  • DAPLE. Nível 4 – Diploma Avançado de PLE
  • DUPLE. Nível 5 – Diploma Universitário de PLE

Os exames conducentes à atribuição destes certificados e diplomas avaliam a competência comunicativa geral, não específica, de utilizadores jovens e adultos.
Está em estudo a criação de um sistema de avaliação e certificação da competência comunicativa de crianças e adolescentes, bem como de um sistema de avaliação e certificação de Português para fins específicos.

Tabela de comparação com outros Sistemas de Certificação,
no Quadro de Referência ALTE dos Exames de Língua

Nível 1
Iniciação
Nível 2
Limiar
Nível 3
Independente
Nível 4
Avançado
Nível 5
Superior
Alemão
Grundbaustein Deutch ais Fremdsprache (GBS DaF)
Alemão
Zertifikat Deutsch (ZD)
------
Alemão
Zentrale Mittelstufenprüfung (ZMP)
Alemão
Zentrale Oberstufenprüfung (ZOP)
Kleines Deutsches Sprachdiplom (KDS)
Inglês
Key English Test (KET)
Inglês
Preliminary English Test (PET)
Inglês
First Certificate in English (FCE)
Inglês
Certificate in Advanced English (CAE)
Inglês
Certificate of Proficiency in English (DSE)
-------
Espanhol
Certificado Inicial de Espanõl (CIE)
Espanhol
Diploma Básico de Espanõl (DBE)
--------
Espanhol
Diploma Superior de Espanõl (DSE)
Francês
Certificat d’Études de Français Pratique 1 (CEFP1)
Francês
Certificat d’Études de Français Pratique 2 (CEFP2)
Francês
Diplôme de Langue Française (DL)
Francês
Diplôme Supérieur d’Études Françaises Modernes (DS)
Francês
Diplôme de Hautes Etudes Françaises (DHEF)
Italiano
Certificato di Conoscenza della Língua Italiana Livello 1 (CELI 1)
Italiano
Certificato di Conoscenza della Língua Italiana Livello 2 (CELI 2)
Italiano
Certificato di Conoscenza della Língua Italiana Livello 3 (CELI 3)
Italiano
Certificato di Conoscenza della Língua Italiana Livello 4 (CELI 4)
Italiano
Certificato di Conoscenza della Língua Italiana Livello 5 (CELI 5)
Português
Certificado Inicial de Português Língua Estrangeira (CIPLE)
Português
Diploma Elementar de Português Língua Estrangeira (DEPLE)
Português
Diploma Intermédio de Português Língua Estrangeira (DIPLE)
Português
Diploma Avançado de Português Língua Estrangeira (DAPLE)
Português
Diploma Universitário de Português Língua Estrangeira (DUPLE)








Centro de Avaliação de Português Língua Estrangeira
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Alameda da Universidade
1600-214 Lisboa Portugal
Telefone: (+351) 217 920 098
Fax: (+351) 217 920 097
Correio-Electrónico: caple@fl.ul.pt 

O Português para falantes de outras línguas


Este referencial de formação, homologado a 22/04/2008, é o resultado de uma parceria estabelecida entre a Agência Nacional para a Qualificação (ANQ), a DGIDC e o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), destinada à produção de materiais pedagógico-didáticos de apoio ao ensino da língua portuguesa a aprendentes adultos, não nativos, a residir ou a trabalhar em Portugal em resultado dos fluxos migratórios.


O conjunto destes materiais/publicações são da autoria de Maria José Grosso, Ana Tavares e Marina Tavares e destina-se, pois, a adultos não nativos:
  1. os primeiros documentos (o utilizador elementar + actividades) visam um perfil linguístico-comunicativo de saída corresponde ao nível A2 do QECR para as Línguas; 
  2. a publicação de 2009 tem por objetivo capacitar um falante correspondente ao nível B2 (QECR).
Na base da construção destes materiais está a noção de que o direito à igualdade e à cidadania passa, necessariamente, pelo domínio da língua e da cultura que lhe está subjacente.




GROSSO, Maria José; Ana Tavares e Marina Tavares
Lisboa, ANQ /DGIDC /IEFP, 2008


Esta publicação:
  • foi homologada a 22/04/2008;
  • tem como objectivo o desenvolvimento da proficiência em língua portuguesa, para um aprendente/formando que pretende chegar ao nível utilizador elementar;
  • destina-se a adultos, recém-chegados a Portugal que, por diversos motivos, querem ou necessitam de desenvolver eficazmente competências em língua portuguesa que viabilizem a sua integração social e profissional.
  • O perfil linguístico-comunicativo de saída corresponde ao nível A2.




GROSSO, Maria José; Ana Tavares e Marina Tavares
Lisboa, ANQ /DGIDC /IEFP, 2008.



Exemplos







GROSSO, Maria José; Ana Tavares e Marina Tavares
Lisboa, ANQ /DGIDC /IEFP, 2009.

"[...] o Utilizador Independente destina-se essencialmente a formadores/ensinantes de aprendentes adultos (não nativos) já com competências em língua, com o nível de proficiência A2, Nível Elementar, e que, por necessidades várias, designadamente as que se prendem com razões socioeconómicas, familiares, melhoria de vida e plena integração, querem continuar a desenvolver as competências em Língua e Cultura Portuguesa." (In: "Introdução", p. 5)

Esta publicação:
  • dá continuidade ao desenvolvimento da proficiência em língua portuguesa, objecto das publicações anteriores que tinham como destinatário o utilizador elementar;
  • centra-se num aprendente/formando que pretende chegar ao nível utilizador independente;
  • apresenta-se estruturado em duas partes: A 1ª parte introduz a temática, bem como descritores do nível B (utilizador independente falante de outras línguas), e apresenta um conjunto de fichas modulares, testes e modelos. A 2ª apresenta exemplos práticos para a realização de tarefas, actividades e exercícios.
  • Revela um nível de complexidade maior que as publicações antecedentes, pois visa um perfil linguístico em que o aprendente está capacitado a debater assuntos concretos e abstractos, persuadir, reformular informação ou expressar a sua opinião.